segunda-feira, 21 de março de 2011

Eu cheguei no meu limite.

Cheguei no ponto em que as lágrimas caem na mesma intensidade com que as enxugo.Caem sem ao menos precisar do piscar de olhos, caem por si só.
Eu não aguento mais; mas eu não posso dizer isso. E lágrimas cada vez mais intensas rolam pelo meu rosto.
Eu tenho medo, eu me sinto indefesa... Me pedem para ser forte, pra mostrar que não sou mais criança... Mas eu não consigo. Eu não quero que me peçam isso. Quero que me deixem ser criança medrosa, insegura; quero que me dêem colo e me deixem chorar até a exaustão, até não ter mais lágrimas.
Me sinto perdida,sozinha confusa, com medo. Tanto medo que chega a doer. E as lágrimas não param. Eu não consigo mais, cheguei no meu limite. Eu só consigo olhar pra cima e pedir, implorar: Meu Deus, me ajuda, porque eu não to aguentando mais.

2 comentários:

  1. É bem assim que me sinto, não aguento mais, vontade de sumir, desaparecer do mundo e do mapa.

    ResponderExcluir